Image Map
Merchandising em filmes brasileiros ~ Cerejinha

terça-feira, maio 27, 2014

Merchandising em filmes brasileiros

Olá Cerejinhas,
falei ontem sobre um filme brasileiro que assisti e gostei muito. Porém tem algo que me incomoda muito em filmes brasileiros, o merchandising!
Todos os filmes tanto brasileiros quanto americanos precisam de patrocinadores, estúdio, produtores, enfim, afinal cinema custa dinheiro para produzir e custa muito! O Brasil ainda não tem um mundo cinematográfico forte, creio eu que faltam bons profissionais na área e incentivo e quando existem bons profissionais, muitos acabam optando por trabalhar fora do Brasil para conseguir reconhecimento e consagração na área, tanto financeiramente, quanto profissionalmente.
Infelizmente o Brasil ainda está engatinhado no mundo cinematográfico. Eu particularmente acho muito fraco, mas existem muitos filmes brasileiros bons também.
Uma coisa que me surpreende é como uma novela consegue ter uma super produção e um filme cinematográfico do Brasil não consegue! Pelo menos é minha opinião... eu acho os filmes bem furrecos comparados a produção de novelas... 

O patrocínio é imprescindível na produção de um filme, mas acho que uma coisa que o "brasileiro" ainda não aprendeu é usar merchandising nos filmes. 
Você vai toda ansiosa assistir a um filme brasileiro que você quer muito ver e assim que começa você já se depara com minutos de "logamarcas" de patrocinadores. Tudo bem, eles merecem méritos, afinal patrocinaram, mas geralmente isso não vem no início dos filmes, mas sim no final. Isso tudo é querer ser diferente dos americanos? Justamente nisso??? acho que em time que está ganhando não se mexe, então vamos aprender com quem sabe fazer! Não adianta querer mudar isso, os americanos se "especializaram" em filmes e isso ninguém pode negar!
Só esse merchandising no começo do filme já dá desânimo de assistir! Eu me sinto completamente incomodada com isso... 



Isso é no início do filme "Mato sem cachorro"... gente peraí... os pioneiros em produções cinematográficas acho que já entenderam. Imagina se em todo filme que víssemos estivesse lá, logo no começo agradecimentos para o governo federal dos Estados Unidos, prefeitura de Nova York, Philadelphia e sei lá mais o que... pára né!




Fiz um merchandising de graça mas tudo bem... rs. Se todo filme fizesse isso seria uns 30 minutos só de propaganda em filmes americanos. Eu pago pra assistir o filme e não os patrocinadores.
Outra coisa é deixar bem "escrachado" nos filmes brasileiros que estão fazendo propaganda de um determinado produto ou empresa. Não são nem um pouco sutis... Acho que no caso do Mato sem cachorro até pegaram leve, mas em outros filmes brasileiros e em novelas, meu deus do céu! Ainda não aprenderam. Já bastam os comerciais que somos obrigados a assistir todos os dias enquanto vemos tv, ainda temos que aguentar propaganda escrachada nos filmes.

Merchandising sutis:




No filme "Náufrago" ele encontra uma bola "Wilson" e se apega a ela e dá o nome Wilson. Porém não fica mencionando que a marca é Wilson rs.


No filme Forrest Gump, sua amiga dá ele um tênis "Nike" de presente, mas não cita "olha este tênis Nike maravilhoso de presente pra você" rs. A marca apenas está presente na cena e todo mundo sabe que é Nike. Quem não conhece Nike hoje em dia?



No filme "O exterminador do Futuro 2" há uma cena em que ele passa por um local e tem uma máquina de refrigerantes da "Pepsi". Pronto! Já foi feito o merchandising. 



Meu marido adora assistir os "créditos" dos filmes. Ele sabe o nome de vários diretores, produtores, criadores de trilha sonora e etc. e eu penso o seguinte, tem gente que gosta e tem gente que não quer perder tempo assistindo isso e eu sou uma delas. Eu não tenho muita paciência! Não é por não valorizar o trabalho de cada um... todos eles merecem meus aplausos, mas já tem seus devidos créditos no filme e no bolso. Não me obriguem a assistir isso.

Por essas é que muitas vezes desisto de assistir filmes brasileiros em cinema... prefiro alugar, pular essa parte chata e ir direto para o filme! rs.

Me desculpem mas sou chata mesmo com essas coisas... só incomodam a mim ou vocês também pensam assim?

Agora uma piadinha...será que foi proposital ou pura sorte da ORTOBOM? No filme "O Incrível Hulk" , logo após a primeira aparição do Hulk, o general se reúne com seus soldados na casa do Bruce Banner na favela, logo após há um corte de cena onde mostra uma visão área geral da favela onde aparece um outdoor da Ortobom. Proposital ou sorte???


Jogo do "ACHE A ORTOBOM" kkkk Conseguiram encontrar a Ortobom? kkk Parabéns ao meu esposo que lembrou desse maravilhoso merchandising rs. Mensagem subliminar funciona! kkk 
 

Beijos

Um comentário:


# Me siga!

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Instagram

A Blogueira

A Blogueira
Blogueira de Nova Iguaçu, Rio de Janeiro. Maquiadora e designer gráfica, 30 anos, casada com Daniel de Oliveira, possui um filho de 4 patas chamado Rocky e é apaixonada pela família, música, filmes, artigos vintage e cosméticos. Criou o blog com o intuito de conhecer e apresentar lojas e produtos acessíveis para diversos públicos, não priorizando somente a moda, mas todos os assuntos interessantes para o público.

Seguidores do Blog

Seguidores

Parceiros

/>
Tecnologia do Blogger.

Parceiros































Follow by Email

Instagram

Curte?

Twitter

Copyright © Cerejinha | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes - Published By Gooyaabi Templates | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com